Ladies, gentlemen e apatetados serviçais, Sir Gerald Opus Dei Alckmist – aquele que transforma água em merda e que põe pitbulls fardados para baterem em fedelhos estudantis, e ainda é aplaudido pela plebe aparvalhada – é um virtuoso. Um homem à frente de seu tempo, porém incompreendido pelos comunistas bolivarianos que só o criticam descaradamente.

Os obscenos subversivos bolchevistas estão o execrando por servir escorpiões nas merendas de escolas do estado. Ora, incultos que são, não se apercebem da nobreza de Sir Alckimist em seu ato.  Ignaros serviçais, não caiam na parca retórica dos vermelhos. Nutricionalmente, os aracnídeos são ricos em proteínas, portanto ótimo alimento para criancinhas pobres e desnutridas.

Ainda há de se exaltar a preocupação de Sir Gerald em criar de uma relação intercultural entre São Paulo e China, apresentando iguarias da culinária mandarim aos pirralhos ranhentinhos de escolas públicas deste reino bandeirante.

Enfim, se não querem os acepipes peçonhentos orientais, que comam salsichas. Ora os pivetes discentes reclamam do desvio das merendas, ora reclamam de manjares exóticos. O que querem mais?

E antes que me mandem comer os insólitos petiscos, ordenei a Archibald, meu mordomo e escriba-mor, a comer grilos e gafanhotos gratinados, para mostrar que eu, Lord Tupiniquim, mato a barata e mostro o chinelo.