– Perfil fake no facebook, Cara? Que porra é essa?

– Que susto, Frendo. Você e essa sua mania de chegar do nada, assombrando as pessoas. Porra! Qualquer hora dessas tenho um infarto.

– Que mané infarto o quê? Você é imortal. E que lance é esse de perfil falso, hein? Explica aí.

– Isso? Ah! Isso não é nada não. É porque queria fazer um vomitaço na página do Bolsonaro. Aí não podia ir com meu perfil original. Você sabe, né? Ele é do nosso lado. Não ia pegar bem.

– Entendo. Bem, acho que você tem coisa mais séria pra se preocupar. Tu lembra daquela tal de Janaína Paschoal, que rezava todo dia pra você ajudar ela na monografia dela?

– Lembro sim. Aquilo não sabia nem colocar a crase direito. Quanto mais fazer um trabalho de conclusão de curso. Mas e aí? Ela conseguiu comprar a monografia, né? Eu peguei outra oração dela depois pedindo pra receber logo o salário pra pagar o dinheiro do cara que fez.

– Não sei. Isso não é relevante agora. O problema é que ela entrou com um pedido de impeachment contra você. Faz tempo que eu te digo eu isso ia acontecer.

– Impeachment? Mas aquilo é uma bicha rancorosa mesmo. Será que isso foi só porque não ajudei ela? Eu até que tentei. Mandei os textos dela até pro Pasquale corrigir, mas não tava rolando. Fora as confusões de interpretação das leis. Pra resolver o problema de compreensão dela, eu precisava inventar uma categoria acima do milagre. E por que é que ela pediu meu impedimento? Por causa do fracasso do projeto da humanidade? Eu já disse que tô tentando resolver isso e…

– Não. Esse processo ainda tá mão do Presidente da Câmara. Ele ainda não disse se vai aceitar não.

– Aquilo é outra mosca-morta. Estou curioso, Frendo. Até quando você acha que o Cunha aguenta lá na Câmara?

– Não é mais o Cunha, Cara. Já deram um pé na bunda dele também. Quem tá lá agora é um tal de Waldir Maranhão. Você precisa parar de assistir às novelas da Record e acompanhar melhor os jornais, amigo. Desse jeito as coisas não andam.

-Assistir jornal brasileiro? Pra quê? Ali é só falcatrua.

– Procura pelos jornais internacionais, Cara. Como tá o inglês?

– O inglês… é que… bem… Mudando de assunto. Quem é Waldir Maranhense no jogo do bicho?

– É Waldir Maranhão. Um zé-ruela. Ninguém nem conhecia antes do Cunha sair. É lá da terra do Sarney.

– Cruzes. Bate na madeira aí, Frendo. Vamos evitar até pensar nesse senhor porque é capaz dele se materializar e tentar abrir um CEUMA aqui no céu pra ganhar dinheiro à custa dos anjos. Bom, mas voltando ao assunto daquela aguada da Janaína. Se não é causa do problema com a humanidade, por que estou sendo impeachmado?

– Por causa da descoberta das ondas gravitacionais pelo instituto LIGO.

– Oxe? Mas o que isso tem a ver? Eu não tô dizendo mesmo que essa tal de…

– São dois problemas na realidade. O primeiro é que você usou dinheiro público pra construir as galáxias que se colidiram. Estão dizendo que foi muito dinheiro gasto pra nada.

– Mas isso teve um propósito. Elas se colidiram exatamente pra que os humanos descobrissem as ondas e avançassem nas pesquisas sobre o universo.

– Pois é. Eu argumentei isso também. Mas a tal advogada é daquelas que dizem que a bíblia vale mais que qualquer curso superior. Bem, tem outro problema ainda. Descobriram que houve superfaturamento nas colisões pra alimentar o caixa dois das suas campanhas de reeleição.

– Como é que descobriram isso?

– Delação premiada. A Hebe dedurou você, Cara.

– Puta que pariu. Puta que pariu. Puta que pariu.

– Calma, Cara. Olha a pressão alta. Mas relaxa. Acho que isso vai ser moleza. Essas delações no Brasil não dão em nada mesmo. Não vê o caso do Aécio? Ele já tem até o Cartão Delação Fidelidade Express e não foi preso.

– Mas… mas e o que eu faço agora?

– Eu já disse. Vamos procurar meio de melhorar seu curriculum pro caso de você precisar de outro emprego.  Você ainda não respondeu como vão as aulas de inglês.

– Moleza. Quer ver? “Hi. Why you so cereals?” Aprendi essa frase hoje. Aposto que você não sabe o que significa.

– A frase correta é “Why you so serious?” Cereals é cereal em inglês, rapaz.

– É mesmo? Vixe. Bem, procura aí no youtube algum vídeo do Olavo de Carvalho dando aula de inglês. Aquele cara é bom. Com certeza deve ter algo sobre esse tema.

– Procura tu, Cara. Tá pensando que sou teu empregado, é? Foi por isso que me rebelei contra você. Pra não aceitar esses teus mandos e desmandos. Quanto as aulas acho melhor tu procurar outra pessoa. O Olavo tá ocupado demais tentando unificar a teoria quântica com a da relatividade geral.

– Eu já tinha me esquecido disso. Mas tudo bem. Vou me virar por aqui mesmo. Gaby? Gaby? Gaby?

– Meu Deus. Que gritaria é essa? O que você quer Senhor… quer dizer, Cara?

– Liga pro Alexandre Frota. Diga que é urgente.