Nas cidades de Pirapora e Januária, a população e turistas se deparam com a seca do rio São Francisco, a pior em cem anos. Os pescadores convertem-se em pedreiros, os gatos estão à beira do canibalismo e as crianças fitam um horizonte em que quase não se vê a silhueta do Velho Chico.