O lençol de quinhentos fios e o travesseiro bordado

Com uma pequena borboleta verde ao canto

Acordaram amaciando as pernas suaves da menina.

Ou seria mulher ?

 

Os anseios eram de mulher que quer ,

Que quer muito!

Que deseja ardente .

Ela quer é lamber o sumo da manga

Que escorre pelos dedos.

Dele .

 

Ela quer beijo no pescoço

Respiração ofegante no ouvido

Mão forte na cintura.

Dela.

 

Ela quer amassado  lençol de quinhentos fios

E  travesseiro de borboleta bordado jogado no chão.

 

Anseia  olhos desnorteados ,

Camiseta desabotoada

Arrancada violentamente da calça.

Deles.

 

 

Ela deseja  espasmos , tremor

Suor e batimento cardíaco

acelerado.

 

E depois disso, água!

 

E também toalha enxugando suas costas

Com gargalhadas de um feedback bom .

 

Ela quer mão no cabelo,

Beijo na testa e ouvido atencioso

Que se deleite com todas as suas

Teorias sobre o buraco negro .

 

Ela anseia andar na chuva,

Pisar em terra molhada,

Se lambuzar de sorvete ,

Ler um livro inteiro em uma noite.

 

Ela quer brincar de esconde-esconde

E sonhar que voa como o beija-flor,

 

Ela só quer ser aquela menina

De vestido de marinheira

Tomando vinho ou

Tomando suco de manga.

 

Na presença de alguém

Que permita  a

ela

Simplesmente ser.